terça-feira, 15 de janeiro de 2013

O primeiro dia

-->
Chegamos domingo as 7 da manhã e não pudemos ir pro apartamento porque o depósito ainda não tinha caído na conta da imobiliária (isso que o depósito foi feito 9 dias antes via Caixa Econômica). Mas fomos muito bem acolhidos pelos amigos do marido – Joan pai, Ana, Joan filho e Mar. 

Mar, eu e Joan

Depois de descansar um pouco fomos dar uma volta em Sarrià, o bairro que eles moram, mas logo começou a chover e passamos o resto do dia em casa.

Em Sarrià demos uma passada no primeiro boteco: Quimet (Calle Vic, 23). Um bar pequeno e simpático, cheio de gente, mesmo num domingo chuvoso de inverno ainda de manhã. Duas cervejas, dois vermuts e um pincho de anchova depois, voltamos pra casa embaixo de chuva pra comer uma bela paella feita por Joan na lareira. 



El Quimet



 Na segunda de manhã fomos direto pro nosso apartamento. E, olha, superou minhas expectativas. O prédio tem uma portaria bem bonitinha, uma concierge simpática e é próximo de tudo. Duas quadras da Sagrada Família, tem, num raio de 100 metros: 4 mercados grandes, 1 mercado-atacado-preço baixo-sem sacola, 2 mercadinhos, 2 chinos lojinhas de tranqueiras, 4 farmácias, 6 cafés, 3 frutarias, 2 panificadoras, 1 clínica veterinária, 2 pets, banca de revistas, lan house, loja de ferragens (o marido McGyver agradece), lojinhas, lojinhas e lojinhas.

Sagrada Família vista de casa


A vista da terraza
Depois de desfazer as malas e ir ao mercado comprar umas coisinhas (nunca pensei que fosse tão difícil comprar material de limpeza fora de casa – tudo que eu queria era uma garrafinha de Veja multi-uso, mas tive que comprar até um antical pra máquina de lavar roupa, e não consegui comprar a garrafinha de Veja ou algo que o valha – mas comprei o Vanish tá, mãe?), pegamos o metrô na Sagrada Família e fomos até Paseo de Grácia. 


Descendo do metrô dei de cara com uma Zara, dei uma voltinha mas tive que me segurar, ainda essa semana volto lá sem o marido pra gastar bastante tempo e não tanto dinheiro – está em época de rebajas e os preços na Zara são irresistíveis (uma clutch linda por 12 euros, um blazer que na Zara Brasil custa 279 reais por 49 euros e por aí vai...).

De Paseo de Grácia fomos andando até a Plaza Catalunya, e de lá para as Ramblas. Um calçadão enorme, cheio de barraquinhas das mais diversas coisas, e cheio de gente apesar dos 10 graus que estava fazendo. No verão aquilo lá deve ser uma delícia!


Lá passamos num botequinho basco simpatissíssimo, o Sagardi (Carrer L'Argenteria 62). Os pinchos (tapas no palito) ficam todos dispostos no balcão, você pega a vontade e no final vai até o caixa levando os palitos pra eles contarem, custou 2 euros cada um. Em Curitiba tem um bar que tentou fazer isso, o Txapela, que fica na Ébano Pereira, mas não tem comparação (no Txapela, principalmente o atendimento deixou a desejar). Pra quem vier me visitar lá vai ser parada obrigatória.





O almoço da segunda foi no La Yaya Amelia, assunto do post de amanhã.

Besos!

17 comentários:

  1. ai que delicia!!!! não vejo a hora de ir te visitar, irmãzinha... e to achando que os 15 dias que reservamos vai ser pouco!!!

    ResponderExcluir
  2. Meu dia no frigorifico:

    Fui cedinho, 6:30 hs, encontrei uma entradinha bonitinha, e lá dentro um monte de cagadas, paramos o abate por 3 horas, escutamos merdas de todo mundo, terminou o dia e estava em casa pra recuperar e voltar ao trabalho no dia seguinte e talvez repetir tudo novamente.

    Não é parecida nossa rotina Carla?

    Aproveite muito sua situação atual.

    ResponderExcluir
  3. Carla !!!

    Cuidado com a grana, não gaste mais que ganha.

    Lindonez

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas quando acabar o que eu ganho eu não posso gastar o que você ganha? ;) rsrsrs Brincadeira, pai, pode deixar que os gastos estão sob controle!

      Excluir
  4. Eeeehh!
    O Sagardi era meu caminho da roça mas como estudante não gasta mais do que ganha ;-) eu ia uma vez ao ano :-) :-) :-)
    Se vc for com cada visita - eu vou querer ir com certeza - vai dar uma vez por mês :-)
    Bjos e Feliz Barcelona! Ops, Feliz 2013!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por enquanto Sagardi e La Paradeta, Lê! Amanhã conto dele. Sem dúvidas um dos melhores restaurantes de frutos do mar que já fui na vida! Saudades! Bjs!

      Excluir
  5. muito legal vc postar os endereços... vai ficar com cara de guia mesmo! :-) bjs

    ResponderExcluir
  6. Vanish resolve metade dos problemas. Restam mais alguns. Ha se voce tivesse um balde igual ao meu! É o måximo! Recomendo a todos e todas que precisam limpar sua casinha de vez em quando. Mãe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vanish resolvesse todos os problemas tava mole né, mamis! E um balde igual ao teu é meu sonho de consumo de dona de casa, indico pra todas as noivas colocarem na lista de presentes! :) Saudades!!!

      Excluir
  7. Estou enciumada.....a mãe e o pai estão mais presentes na sua rotina do que na minha (que estou a poucas quadras de distância deles)....achei que aquela coisa de filha preferida era sacanagem (e nem dei bola), mas to achando q é verdade!!!

    ResponderExcluir
  8. A questão de preferencia se conquista.

    ResponderExcluir
  9. Tati! Senti que isso foi uma indireta!!

    ResponderExcluir
  10. No meu coração e a minha vida os tres tem igual espaço e preferencia. Mãe

    ResponderExcluir